Federação Nacional dos Sindicatos de Empresas de Recursos Humanos, Trabalho Temporário e Terceirizado

Aumento salarial - Folha de S.Paulo

Quase metade (46%) dos cargos no Brasil tiveram um reajuste salarial acima do aumento inflacionário neste ano, segundo a consultoria Page Personnel.

Outros 52% tiveram apenas um reajuste de acordo com inflação no período. Ao todo, foram analisados 510 cargos, divididos em dez áreas de atuação.

Foram coletadas informações de 62 mil candidatos em seis cidades brasileiras.

"A tendência para o próximo ano é bastante positiva. Notamos um esforço do empresariado de descolar a economia da política e uma preocupação de se preparar para futuras oportunidades no mercado", diz Ricardo Basaglia, diretor da consultoria Page Personnel.

Entre as áreas analisadas, empregos ligados aos departamentos de vendas e de marketing foram os que tiveram maior variação salarial de 2016 para 2017.

Cargos operacionais no mercado financeiro e de assistentes ou secretárias foram os que tiveram a menor mudança nos rendimentos.

Últimas Notícias