Federação Nacional dos Sindicatos de Empresas de Recursos Humanos, Trabalho Temporário e Terceirizado

SINDEPRESTEM – PR | Economia do Paraná cresceu 2,4% de janeiro a agosto

Indicadores do Estado são melhores que do País. Safra recorde e ajuste fiscal ajudaram

A recuperação da economia do Paraná ganhou velocidade nos últimos meses. Indicadores do IBGE, Banco Central, Ministério do Trabalho e outros dados setoriais mostram que o Estado não apenas está em trajetória de retomada, mas que está deixando a crise para trás mais rapidamente do que o restante do Brasil, com bons resultados no agronegócio, na indústria, no comércio, serviços, nas exportações e na geração de emprego.

Pelo Índice de Atividade Econômica (IBC-BR) do Banco Central, a economia do Paraná cresceu 2,4% de janeiro a agosto de 2017. O indicador é considerado uma prévia do comportamento do Produto Interno Bruto (PIB).

No mesmo período, o Brasil registrou avanço bem mais tímido, de 0,31%. Depois de uma retração de 2,6% em 2016, a estimativa para a economia paranaense era de crescimento de 1,5% em 2017. Se confirmado, será um acréscimo bem maior do que o do Brasil, que deve registrar alta de 0,5% no PIB.

 

Últimas Notícias