Balança comercial brasileira tem superávit de US$ 5,444 bilhões em julho

entrepreneur, idea, competence-1340649.jpg

Nos primeiros sete meses do ano, a balança acumulou saldo positivo de US$ 39,750 bilhões

Por Estevão Taiar

A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 5,444 bilhões em julho, queda de 22,7% em relação ao mesmo mês de 2021, variação sempre calculada pela média diária. Os números foram divulgados nesta segunda-feira pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia.

Com isso, nos primeiros sete meses do ano, a balança acumulou saldo positivo de US$ 39,750 bilhões, queda de 10,4% sobre o mesmo período do calendário anterior.

As exportações somaram US$ 29,954 bilhões em julho, com alta de 23% sobre o mesmo mês de 2021. Já as importações alcançaram US$ 24,510 bilhões e tiveram alta de 41,6% sobre julho do ano anterior.

No acumulado de 2022, as exportações somaram US$ 194,079 bilhões, alta de 20% em relação ao mesmo período do ano antecedente. Já as importações ficaram em US$ 154,328 bilhões, aumento de 31,6%.

Por sua vez, a corrente de comércio, soma de exportações e importações e considerada o principal indicador da balança pela Secex, alcançou US$ 348,407 bilhões no período, alta de 24,9%.

Para este ano, a Secex calcula superávit de US$ 81,5 bilhões, resultado de US$ 349,4 bilhões em exportações e US$ 268 bilhões em importações. Nesse caso, a corrente de comércio ficaria em US$ 617,4 bilhões.

As exportações agropecuárias cresceram 40,18% em julho, sempre calculadas pela média diária, em relação ao mesmo mês do ano anterior. No caso da indústria extrativa, houve queda de 5,55%, enquanto no caso da indústria de transformação houve alta de 33,19%.

Pelo lado das importações, houve altas de 8,92% nas compras agropecuárias, 35,23% na indústria extrativa e 43,37% na indústria de transformação.

Destinos

As exportações brasileiras para China, Hong Kong e Macau, principais destinos dos produtos brasileiros, caíram 0,51% em julho, pela média diária, em relação ao mesmo mês do ano anterior. Já as vendas totais para a Ásia subiram 7,15%.

Na mesma base de comparação, as vendas para a América do Norte aumentaram 11,27%, enquanto, para a América do Sul, registraram elevação de 64,69% e, para a Europ,a tiveram alta de 46,49%.

Já nos primeiros sete meses do ano, as vendas para a China caíram1,06% e para toda a Ásia subiram 5,67%. As exportações para a América do Norte avançaram 25,56%. Para a América do Sul, tiveram incremento de 39,53%. Por sua vez, para a Europa, apresentaram alta de 31,90%.

https://valor.globo.com/brasil/noticia/2022/08/01/balanca-comercial-brasileira-tem-superavit-de-us-5444-bilhoes-em-julho.ghtml

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

FEDERAÇÃO NACIONAL DOS SINDICATOS DE EMPRESAS DE RECURSOS HUMANOS, TRABALHO TEMPORÁRIO E TERCEIRIZADO

X